maio 18, 2006

Poema criado em homenagem ao centenário de Mario Quintana.

Histórias e exemplos

Em 1906 em Alegrete
Um homem nasceu
E estamos vendo agora
Em palavras o que nos deu.

Nos deixou histórias
Poemas e a literatura
A qual todo poeta se dedica
A fazer sempre com ternura.

Autor de A vaca e o Hipogrifo
Foi um poeta fenomenal
Em todo seu poema
Tem um toque especial.

Foi poeta, prosador
Até mesmo um cronista
Vemos assim sua batalha
Até chegar a sua conquista.

Ele também escreveu
Pra lá de Pé de Pilão
o qual faz todas as crianças
sobrecarregarem a imaginação.

Numapoesia nós escrevemos
Até de quem a gente ama
E só fazer palavras verdadeiras
Assim como Mario Quintana

(Karoline A.Pavide/701-2006-EMAS)

2 comentários:

Ana disse...

A aluna karoline está de parabéns pelo texto.
É importante insentivarmos a leitura e a escrita nas escolas e valorizar o que o aluno produz.
O trabalho do professor é dificultado pela falta de recursos nas escolas públicas, mas espero que esta realidade mude.

Ana Lúcia.

Marli disse...

Oi Karoline!
Adorei o poema. Eu sou professora e estou trabalhando aqui no Rio Grande do Sul um projeto para homenagear o nosso querido anjo-poeta, como o chamamos. Vamos publicar em breve nossas produções resultantes de uma webquest sobre o assunto. Visitem o blog http://centenarioquintana.blogspot.com

Beijo!

MULHERES DO AFONSO, PARABÉNS!!!! EMAS 08/03

Mas que monótona não deveria ser a vida amorosa de Don Juan!Ele pensava que todas as mulheres eram iguais..." Mario Quintana -Parabéns,Mulheres!

Um pouco de Fernando Pessoa.

Momentos de criação:Tenha um bom dia! (E.M.A.S)

Vídeo em homenagem ao professor

Ouça o samba da Mangueira e viva a nossa Língua Portuguesa!!!